Essa é daquelas dúvidas que sempre pingam no meu e-mail. Pudera, né? Escolher padrinhos é uma das partes mais legais do casamento. Eu, pelo menos, amei convidar meus amigos queridos para abençoar a minha união com o Marcelo.

Quando a gente fala em escolher amigos que a gente ama, dá vontade de colocar meio mundo no altar, né? Mas a porca torce o rabo aqui nesse ponto (desculpa, eu amo essa expressão). Existem alguns pontos que você precisa observar ao determinar o número de pessoas no altar. Bora pra eles?

Quantos casais a igreja permite?
Algumas igrejas limitam o número de padrinhos, sabia? Por isso, na hora de reservar a igreja do casamento, pergunte sobre isso na secretaria.

Qual o tamanho da igreja e o espaço no altar?
Se a sua igreja for muito pequena e o espaço no entorno do altar for reduzido, fica complicado espremer muitos casais de padrinhos. Sendo bem sincera, fica até feio visualmente. Leve isso em conta!

Quantos convidados você vai ter no casamento?
A lógica é a seguinte: se você tiver poucos convidados e muitos casais de padrinhos, vai deixar os bancos com poucas pessoas e um catatau de gente no altar.

padrinhos

Sim, existe. Sem considerar os pontos acima, a média de padrinhos fica em 5 casais do lado da noiva e 5 do lado do noivo. Lembrando: use esse número depois de analisar os itens acima. Você pode ter mais ou pode ter menos. Só não esqueça: muitos padrinhos deixa o cortejo longo e uma galera espremida no altar. Pense nisso, certo?