Happy birthday, Julio Cardoso! Ok, eu sei que é amanhã, mas por aqui a gente antecipa o abração mostrando as lindezas criadas pelo Team Julio para o café da manhã de relançamento do Noiva.com, que rolou no dia 18 no atelier Virginia Manssan, aqui em Porto Alegre.

Pra brindar esse novo momento, convidei 10 noivinhas para um chazinho entre vestidos de noiva lindos. Aconteceu num espaço com ambientação encantadora criada pelo Julio e teve como ponto alto uma degustação de doces finos para casamentos, obras da minha querida amiga Milena Marin, da La Poêle. Foi muito, mas muito gostoso. Bora dar uma olhadinha nas fotos?

Começo um um geral da décor. Escolhemos uma sala do Virginia Manssan que fica ao lado de um jardim que eu adoro. Lá o Julio criou um salão de chá com mesas redondas e louças charmosas. Como a degustação da La Poêle seria o ponto alto da manhã, a mesa de doces foi o centro das atenções. Olha que encanto ficou!

Diquinha boa pra anotar nas inspirações da decoração do casamento: dá uma espiada no efeito maravilhoso que o super espelho deu na decoração. Espelhos são ótimos aliados pra fazer um espaço parecer maior ou mais aconchegante. Como estávamos numa sala comum, o espelho foi aliado do Julio. Aliás, esse espelho específico tem uma história bem legal, que eu conto lá no finalzinho do post pra não mudar de assunto de uma hora pra outra.

Os materiais da mesa (os vasos, os suportes para doces) são da Festejar e Receber, que trabalhou em parceria com o Julio. As flores da mesa de doces são artificiais (a gente precisou chegar muito pertinho pra ver que não eram de verdade). Já as das mesas das convidadas são reais, arranjos feitos pela Margarida Guimarães.

Pode passar para os docinhos? Oh my, foi uma orgia de chocolate no comecinho do fim de semana. Começamos degustando com chazinho, mas no final já estávamos brindando com espumante antes mesmo do meio-dia (hey, era uma comemoração, deixa a gente!).

A Milena organizou uma rodada de degustação com 7 doces finos. Quando eu falo “fino” é porque o doce trabalhado pela La Poêle vai além do modelo de docinho mais tradicional que a gente conhece. A Milena trabalha apenas com chocolate da indústria belga Callebaut, considerado o melhor chocolate do mundo (yes, do mundo). É a partir dessa matéria-prima dos deuses que ela cria doces com sabores surpreendentes e encomendados por noivas de todo o Brasil.

O que eu quis dizer com sabores surpreendentes? Imagina uma trufa de limão siciliano com chocolate belga. Delícia, né? Agora, pensa em agregar lavanda a essa receita. Isso mesmo: lavanda. A gente conhece a lavanda pelo seu cheirinho gostoso e pela sua cor maravilhosa, mas a ela pode ser empregada na culinária usando técnicas especiais. O gostinho é divino!

E tem lavanda até na decoração da trufa <3

Agora pensa em uma trufa de chocolate belga com rosas de verdade. E uma trouxinha de côco com massa absurdamente fininha assada rigorosamente pra criar um doce com crocância na medida por fora e suavidade por dentro. Mas, desculpa, mundo, o meu preferido em todo o portfólio da Milena sempre vai ser o cone de melão. Em todo evento que vou onde a La Poêle está presente eu faço a sem cerimônia e vou direito procurar meu cone amado. Amo que ele mistura o doce do chocolate com o doce do melão sem criar algo enjoativo. Pelo contrário: a combinação fica leve, suave, derrete na boca. Queria ter mil docinhos desses pra distribuir virtualmente agora e vocês entenderem o que eu estou falando. Oh my!

Olha a delicadeza da trouxinha de côco. A massa é muito, muito fininha!

Falando em côco, essas são as tradicionais balinhas que todo mundo ama, só que em versão recheada.

Meus cones de melão aqui na parte de baixo da foto. Detalhe: esses desenhos no chocolate são aplicados um a um. Imagina o trabalho que dá!

Pãozinho de mel como lembrança. Foi deixado já nos pratinhos das convidadas. 

Valeu, Mi! Foi a melhor overdose de chocolate do ano!

Obrigada, meninas, pela presença! Amei brindar com todas vocês! Não estão todas na foto lááá de cima, até porque o nosso café da manhã acabou quase que virando um brunch (hahaha), mas precisava colocar um registro dessa turma linda e querida!

Carol e Magda, do Virginia Manssan, obrigada por abrirem as portas para o nosso café da manhã. Julio Cardoso, Festejar e Receber e Margarida Guimarães. Foi um encontro lindo, que ficou ainda mais especial com a mãozinha profissional de vocês!

PS: ok, a história do espelho que comentei ali em cima. Quando eu casei, enfiei na cabeça que, apesar do meu salão de festas ser bem amplo, queria porque queria ter espelhos grandões na decoração. O problema é que a noiva chata aqui não se encantava por nenhum modelo disponível nas empresas de locações de eventos. Estava quase desistindo quando, numa visita às meninas dos Virginia Manssan, que são queridas amigas, vi os espelhões das salas de provas de vestidos de noiva. Eram perfeitos. Mas, né, não eram espelhos que podiam ser retirados de um atelier e levados sabe-se lá como até um salão de festas. Felizmente a minha mana, organizadora do meu casamento, sempre se virou em mil pra me agradar. Ela conversou com a Magda e com a Cau, que emprestaram os espelhos, e descolou um transporte super seguro dos bonitos até a Associação Leopoldina Juvenil, onde aconteceu a festa. Resultado: tcharam! A noiva chata, mala, insistente e sem noção conseguiu ter seus espelhos queridos atrás das mesas de doces.