Por Vane Chaves

Minha tia tem uma casa de veraneio em Atlântida Sul. Bem em frente à casa, há um campo de futebol onde os aposentados e demais atletas amadores do futebol, batem sua bolinha todos os finais de tarde.

Frequentemente assisti ali, partidas de qualidade IMENSAMENTE superior à que assisti hoje entre Internacional x Boa Esporte. Sim, o time aquele do goleiro Bruno. O time aquele que não tem nem patrocínio estampado na camiseta. Que teve um jogador em campo que vomitou por conta de uma indisposição estomacal.

E o Inter perdeu para o Boa Esporte.

Em casa. Casa cheia, num sábado gelado em Porto Alegre.

O retrato é um time apático, que ainda não parou de cair. Desorganizado, perdido, confuso, jogando sempre em função de jogadas criadas pelo D’Alessandro, que obviamente não consegue jogar sozinho.

O técnico tem sim sua parcela de responsabilidade. Mas absolutamente tudo que aconteceu hoje é responsabilidade da direção do Internacional. Um time de amadores que comanda o futebol e conseguiu piorar uma situação já catastrófica.

Eu sinceramente, não sei o que esperar.

Se é que há o que esperar.

Oremos.